Mariana Lessa conversa com as fãs de "Julie e os Fantasmas" no iG

Protagonista fala às leitoras sobre as gravações da série, o elenco e o sucesso que levou o programa a ganhar o prêmio APCA

Nathalia Ilovatte, iG São Paulo |

Bruno Zanardo/Fotoarena
Mari Lessa: "Antes da fama eu falava o que queria"

Para a tristeza dos fãs, o canal Nickelodeon exibiu nesse domingo (22) o último episódio da primeira temporada de “Julie e Os Fantasmas”. Ganhadora do prêmio APCA de Melhor Programa Infanto-Juvenil em 2011, a série produzida no Brasil conta a história de uma adolescente mostrando seus talentos musicais em uma banda de rock, ao lado de três espíritos vindos direto dos anos 1980.

Embora o CD da série saia em breve, ainda não há previsão de novas gravações para uma segunda temporada. Mas, se serve de consolo àqueles que já estão com saudade dos romances, rivalidades e músicas, a protagonista da série Mariana Lessa esteve na redação do iGirl para conversar com um grupo de fãs sobre o ritmo das gravações, o sucesso da série e os meninos do elenco, entre outras coisas.

Leia abaixo o bate papo de Mariana com as convidadas Jéssica Yara Oliveira, Giovanna Versolato, Giulianna Mancuso, Giovana Andrade, Marina Marchine e Ana Paula Siqueira, leitoras selecionadas pelo Twitter do iGirl:

Bruno Zanardo/Fotoarena
Mariana em papo com as fãs: "Quero continuar atuando, não me vejo fazendo outra coisa"
iG: Como anda a sua rotina agora?
Mariana Lessa: Acabei as gravações em fevereiro e agora eu estou fazendo nada (risos). Amanhã começo a fazer aulas para aprender a dirigir, mas até então estou de férias.

iG: Seus pais apoiam sua carreira de atriz?
Mariana Lessa:
Sim, meus pais sempre me apoiaram, meu pai é ator e quer que eu siga a carreira, mesmo. E eu gosto. Sou atriz desde bebê. Fazia propagandas e participações especiais, mas esse é meu primeiro projeto grande. Precisei fazer aulas de canto por quase um ano.

LEIA MAIS
Dudu Surita: "Sempre me julgaram por ser filho do Emílio"
Emílio Eric: "Não acredito que eu seja um ícone de beleza"

iG: Muita coisa mudou na sua vida depois que você ficou famosa?
Mariana Lessa:
Na verdade não muito famosa! Mas a vida continua do mesmo jeito, meus amigos só falam que agora eu não tenho tempo para eles, e eu respondo ‘ai, gente, quanto drama!’.

iG: Você ainda consegue sair e passear numa boa?
Mariana Lessa:
Sim, consigo. As pessoas me reconhecem mas não reconhecem. Elas olham para mim e ficam ‘é a Julie, é a Julie!’, mas não falam comigo. Então acho que elas não acreditam que eu estou no shopping, no cinema. Pensam que quem está na televisão não sai da televisão.

iG: Você já foi muito fã de alguém?
Mariana Lessa:
Sou muito fã do Simple Plan. O que eu já corri atrás deles, vocês não têm ideia! Eles fizeram um show fechado no Brasil, para umas 200 pessoas, e eu fiquei super triste porque não consegui ingresso. Fui lá na porta do lugar onde foi o show e fiquei esperando a noite inteira, na saída. Quando eles apareceram todo mundo gritou, mas o portão não me deixava ver direito e eu não consegui tirar foto. Porém, consegui autógrafo dos meus dois integrantes preferidos, o David Desrosiers e o Pierre Bouvier. Eu ainda sou loucona por eles.

Bruno Zanardo/Fotoarena
Mariana ganha abraço de fã durante a entrevista
iG: Você tem planos para a sua carreira?
Mariana Lessa: 
Quero continuar atuando, não me vejo fazendo outra coisa de jeito nenhum. Fazia faculdade de Rádio e TV e tranquei, mas vou voltar, e quero seguir essa carreira. Não importa se fazendo novela, filme ou seriado.

Curta o iGirl no Facebook

iG: No colégio você sentava na frente ou era da turma do fundão?
Mariana Lessa:
Na verdade eu sentava na frente mas era do fundão. Minha sala sempre foi de poucos alunos, e o pessoal do fundão era mais quieto. Eu tinha minha turminha de quatro pessoas, nós sentávamos na frente, mas fazíamos a maior zona. Juntávamos as carteiras e ficávamos lá batendo papo. Mas nunca repeti de ano! Sempre tirei as notas necessárias para passar, mesmo acima da média.

iG: O que você faz quando não está gravando, nem decorando textos, nem respondendo tweets?
Mariana Lessa:
Estou dormindo (risos)! Mesmo nas gravações eu dormia embaixo da cadeira, em cima da mesa, no chão... A rotina era muito pesada, trabalhávamos doze horas por dia e tínhamos uma folga na semana. Era das seis da manhã às seis da tarde, aí eu voltava para o hotel, tomava banho, jantava e decorava o texto para o dia seguinte.

Bruno Zanardo/Fotoarena
Mari se empolga durante o papo e levanta para conversar com as fãs: "Gosto do carinho delas"

iG: O que você e a Julie têm em comum?
Mariana Lessa:
Também gosto muito de cantar e de tocar. Além disso, gosto do jeito autêntico dela, a Julie não liga para o que os outros pensam e falam. E temos em comum o jeito de se vestir. Eu influenciei a figurinista. Quando escolhíamos uma roupa, eu sempre pedia uma peça xadrez. Então negociávamos, eu colocava uma que eu gostava e uma que a figurinista gostava.

Bruno Zanardo/Fotoarena
Mariana ganhou presentes das fãs mas, mesmo assim, declarou: "Ninguém sabe quem eu sou"
iG: Você se preocupa muito com estilo?
Mariana Lessa:
Não. Eu não saio para fazer compras, não tenho ataques de consumismo. Abro o armário e falo ‘meu Deus, preciso de roupas’. Aí a Milena (Martines, que interpreta a personagem Thalita) me leva para fazer compras e eu não gosto de nada. Na última vez em que saímos eu comprei só essa blusa que estou vestindo. Às vezes o pessoal até olha para mim e fala ‘Nossa, Mariana, que roupa é essa?’. Mas quando eu sei que vão reparar eu visto alguma roupa parecida com as da Julie porque ela tem figurinista.

LEIA MAIS
Maria Pinna: "A primeira vez tem que ser com amor e respeito"
Teste: você é Bella Swan ou Katniss Everdeen?

iG: Qual foi a coisa mais cara que já comprou?
Mariana Lessa:
O iPhone. Porque todo mundo tem iPhone, todos os meus amigos, então eles ficavam usando aplicativos gratuitos para conversar e eu era excluída. O elenco inteiro tinha iPhone. A Samya (Pascotto, que interpreta a personagem Beatriz) foi a última. Baixei aplicativos como Talking Gina, Draw Something e Angry Birds.

iG: O que te deixa irritada?
Mariana Lessa:
Algumas perguntas que eu recebo no Twitter, como ‘o que vai acontecer no último episódio?’, ou ‘a Julie vai ficar com o Nicolas ou com o Gabriel?”. Ou perguntas sobre coisas que acabei de falar. Eu digo que dia 8 de maio vamos lançar o CD e alguém pergunta em seguida ‘Mari, vai ter CD?”.

iG: Qual foi o lugar mais legal que você já conheceu?
Mariana Lessa:
Eu nunca viajei para fora. Mas fui para a Pousada do Rio Quente na viagem de formatura do terceiro ano.

Bruno Zanardo/Fotoarena
"Minha mania mais estranha é falar sozinha", disse a atriz
iG: Qual é a sua mania mais estranha?
Mariana Lessa:
Falar sozinha. Recebo uma mensagem pelo Twitter e respondo em voz alta.

Perguntas feitas pelas leitoras:

Ana Paula: Como foi contracenar com o Bruno Sigrist?
Mariana Lessa:
Foi ótimo. Nos conhecemos nos testes. Conheci o Fábio primeiro e quando começamos os ensaios conheci o Bruno. Ele estava fazendo a peça “Despertar da Primavera” e fomos assistir. Aí começamos a ir para a balada e fazer festinhas juntos. Ficamos amigos, e é muito bom trabalhar com amigos.

Marina: Do que você mais gosta nas suas fãs?
Mariana Lessa:
Do carinho. Vocês conversam comigo, estão perto sempre, para o que for. Até aconteceu uma vez de eu e o Marcelo (Ferrari, que interpreta o fantasma Martim) estarmos meio tristes e decidirmos twitcam. Depois dela já estávamos ótimos.

Fabíola (via Twitter): Qual foi o maior desafio de interpretar a Julie?
Mariana Lessa:
Cantar. Eu não sabia cantar, tive que aprender em pouco tempo para interpretar a Julie. Mas não sei se vou continuar cantando, se vai ter banda... Agora a gente vai lançar o CD e não sei o que vai acontecer mais para frente. Não sabemos nem se a série terá uma segunda temporada. É bem complicado, mexe com duas emissoras e uma produtora, os patrocinadores, os atores. Mas se tiver segunda temporada a gente só vai gravar no ano que vem. O legal é que agora vai sair o CD, pelo menos é uma novidade. Mas também não sei se vai ter tarde de autógrafos ou algo assim.

Bruno Zanardo/Fotoarena
"Acho que quem está me provocando só quer atenção", comentou, se referindo aos que a ofendem no Twitter

Jéssica Andreia (via Twitter): Como você se sente em relação ao sucesso?
Mariana Lessa:
Na verdade eu não sinto que faço muito sucesso. Se você comparar a Julie com os Rebeldes, por exemplo, é diferente. Eu encontrei com o Chay outro dia e vi que ao lado dele você não consegue andar, tem fãs em todos os lugares possíveis e imagináveis. Já eu ando na rua e ninguém olha para mim, ninguém sabe quem sou. A maioria dos meus fãs fala comigo pelo Twitter.

Giuliana: Nossa, toda vez que eu entro no Twitter um menino me diz ‘Fala para a Mari me responder? Ela não responde, ela me odeia’.
Mariana Lessa:
É, as pessoas ficam pedindo ‘fala comigo, fala comigo, fala comigo’, mas falar o quê? Faz uma pergunta que eu vou responder, mas se me pedem para falar eu não sei o que dizer.

Leitoras: E tinha aquela menina que te xingava...
Mariana Lessa:
Quando me xingam eu bloqueio. Eu não gosto de brigas. Acho que quem está me provocando quer atenção, só isso. Ela me odeia gratuitamente, porque não fiz nada para ela. E se eu não gostar de um programa, não vou vou dizer ao ator que o odeio, não faz sentido odiar uma pessoa sem conhecê-la.

Leia tudo sobre: julie e os fantasmasmariana lessaentrevista

Notícias Relacionadas


    Mais destaques

    Destaques da home iG