Sexo sem neuras: é normal ser virgem depois dos 20 anos?

Por Laura Muller

compartilhe

Tamanho do texto

Sexóloga Laura Muller responde dúvidas das leitoras do iGirl. Nesta semana, ela fala sobre a vergonha de se masturbar e o medo da primeira vez

Thinkstock
Na coluna "Sexo sem neuras" desta semana, a leitora Cristiane quer entender o porque do medo dela de perder a virgindade, mesmo depois dos 20

A Cristiane busca ajuda para lidar com a seguinte questão: “Tenho 23 anos e gostaria de entender o meu medo de ter a primeira vez. Sinto medo de doer e de não sentir prazer. E morro de vergonha, tanto que não consigo nem me masturbar. Também tenho medo de que aconteça uma gravidez indesejada. São muitas as minhas dúvidas e eu tenho vergonha de ser virgem até hoje. Parece que sempre que conheço um rapaz, se conto que sou virgem, eles ficam intimidados e fogem”. Vamos conversar sobre isso com calma:

LEIA TAMBÉM - É normal sentir ardência após a primeira vez?
É possível ter orgasmo com estímulos visuais ou sonoros?

O medo de doer e não ter prazer – É natural que a gente sinta vários medos em relação ao que a gente não conhece. Como com a primeira vez na cama: antes que ela ocorra, a imaginação viaja e cria uma série de expectativas. Junto a elas, pode ser que venha o medo de não ser tão prazeroso assim e de sentir dor na hora da penetração. Fazer o que? Entender que primeira vez dá medo mesmo, mas também pode trazer descobertas muito interessantes. Esse é o primeiro passo.

Thinkstock
"Masturbação é saudável e pode até revelar o melhor caminho para o prazer e o orgasmo"

A vergonha até de se masturbar – Assim como você, um terço das mulheres relatam vergonha e inibições das mais variadas em relação à masturbação. Isso pode ser fruto dos séculos de repressão sexual que vivemos, especialmente em cima da sexualidade feminina. Na época das nossas avós e bisavós, por exemplo, a mulher considerada “direita” não podia sentir desejo nem ter orgasmo. Hoje isso mudou, mas muitas vezes a gente conserva resquícios desse pensamento equivocado do passado. E acha errado de alguma forma sentir prazer com os toques nos próprio corpo. Mas vale saber: não há nada de errado não! A masturbação é uma prática saudável e que pode até mesmo revelar para a mulher o melhor caminho dela para obter prazer e chegar ao orgasmo.

Curta a página do iGirl no Facebook

A gravidez fora de hora – Para esse medo, a dica é bastante simples: vá ao médico ginecologista e decida com ele um método para evitar a gravidez. Em geral, os médicos recomentam pílula aliada à camisinha como dupla infalível contra a gravidez e também as doenças sexualmente transmissíveis.

Contar ou não contar sobre a virgindade – Aqui você vai precisar avaliar sozinha. Você prefere contar? Ou não? Escute a si mesma e decida. A primeira vez é um marco na vida da mulher e a gente pode e deve buscar uma pessoa bastante especial para vivê-la. Ao estar ao lado dessa pessoa especial, talvez fique mais fácil para você decidir sobre como se comportar em relação a contar ou não. Faça o que você achar que deve e que se sentir mais confortável. Isso vale não só para essa questão, mas para as variadas que surgirem em relação ao sexo e aos outros aspectos da vida. E se vez ou outra a sua decisão não for a mais acertada? Perdoe-se e bola pra frente. Ninguém acerta tudo na vida: lembre que perfeição não existe no terreno dos seres humanos.

CONTINUE LENDO - Vale a pena perder a virgindade com um cara qualquer?
Sexo sem neuras: devo continuar namorando um cara que é bissexual?

Leia tudo sobre: sexo sem neuraslaura mullervirgindade

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas