Nosso Corpo

enhanced by Google
 

21 perguntas sobre anticoncepcionais

Pílula ou injeção? Anticoncepcional engorda? Pode tomar com antibiótico? Especialistas esclarecem essas e outras dúvidas

Nathalia Ilovatte, iG São Paulo | 31/08/2011 09:18

Texto:
enviar por e-mail
* campos são obrigatórios
corrigir
* campos obrigatórios

Foto: Thinkstock Photos

Será que se esquecer de tomar a pílula uma vez, pode tomar duas no dia seguinte?

Seja em pílulas, injetável ou em adesivos, o anticoncepcional costuma ser indicado por médicos como um bom método para evitar a gravidez ou uma solução para probleminhas chatos como cólicas. Mas junto com aquela novidade em forma de cartela de comprimidos pode chegar um número enorme de dúvidas à cabeça das meninas que vão começar a tomar o remédio.

Por isso, os médicos ginecologistas Cassiana Giribela e José Bento esclareceram 21 dúvidas sobre esquecimento da pílula, retenção de líquido, perda do efeito do remédio e combinação dele com cigarro e outros remédios.

Mas atenção! Vale lembrar que a pílula evita uma gravidez indesejada, mas não as DSTs. Contra isso, só mesmo a camisinha!

1 - Durante a pausa de sete dias a menina continua protegida?
Sim. Se ta tomando direitinho, se não esqueceu nenhum dos 21 comprimidos, nesse intervalo ela está segura. Mas o intervalo não pode passar de sete dias, senão começa a aumentar o risco de uma ovulação.

2 - O que é melhor: pílula, injeção, adesivo ou anel vaginal?
Depende muito da menina. Se ela for disciplinada e não esquecer, é melhor tomar a pílula. Mas há quem não se lembre do remédio todos os dias no mesmo horário, e aí, o índice de falha do método contraceptivo aumenta. Nesses casos, é melhor partir para injetáveis mensais, anel ou adesivo.

3 – Anticoncepcional engorda ou aumenta os seios?
Não. Ele pode causar retenção de líquido, mas a menina nunca pode pensar em aumentar os seios tomando anticoncepcional, ele serve pra evitar filhos.


4 - Alguns remédios cortam o efeito do anticoncepcional?

Sim. Alguns antibióticos, anticonvulsivantes e antidepressivos. E se tiver uma crise de vômitos ou diarréia pode ser que o organismo tenha dificuldade de absorção.

5 - Se esquecer de tomar em um dia, pode tomar dois no dia seguinte?

Quando esquecer, deve tomar assim que lembrar. Se só lembrar 24h após o horário correto de tomar o remédio, pode ingerir dois de uma vez. Se esquecer por dois dias seguidos, é melhor usar outro método contraceptivo durante os próximos dois ciclos e eventualmente parar aquela cartela e recomeçar outra em sete dias.

6 - Se esquecer ou atrasar a pílula com freqüência, ela perde o efeito?
Sim, se esquecer com freqüência em um mesmo mês, é melhor conversar com o médico e trocar o método.

7 - Pode tomar o mesmo anticoncepcional por vários anos?
Sim. Anticoncepcional não é como o shampoo, que deve ser trocado porque o cabelo acostuma! Se a garota se sentir bem com aquele anticoncepcional, se ele não tiver efeitos colaterais e ela estiver fazendo controle com um médico a cada seis meses, pode tomar continuamente durante o período que quiser.

8 - Após algum tempo tomando a mesma pílula, ela perde o efeito?
Não. Pelo contrário, quanto mais tempo usar, melhor é a adaptação e menor a necessidade de trocar o anticoncepcional.

9 - Quanto tempo após o início do uso o anticoncepcional faz efeito?
Se a garota começou a tomar a partir do primeiro dia do ciclo menstrual, no sétimo ela já está segura, pois já está fazendo efeito. Mas nem sempre acontece de ela acertar o primeiro dia do ciclo, então o melhor é tomar uma carteira inteira.

10 - Anticoncepcional é prejudicial ao organismo? É preciso ficar alguns meses sem tomar, esporadicamente?
Não. Isso é um grande mito da década de 1970. A mulher tem que tomar continuamente, durante todo o período em que ela quiser evitar filhos. O anticoncepcional previne doenças como câncer de ovário e do endométrio e anemia, e traz benefícios como diminuição de fluxo, de cólicas e de TPM.

11 - A primeira cartela de anticoncepcional pode fazer a menstruação atrasar?
Pode causar um atraso pequeno, de alguns dias, e diminuir o fluxo, mas isso é normal.

12 - Qual é a idade recomendada para começar a tomar a pílula?
O ideal é que seja pelo menos depois de um ano da primeira menstruação.

13 - Se eu não seguir os dias que estão na cartela, vou ter algum problema?
Depende da pílula. Se ela for monofásica, aquela que tem a mesma quantidade de hormônios em todos os comprimidos, não tem problema.

14 - É normal sentir cólicas, mesmo tomando a pílula?
É normal. A cólica melhora muito, mas não necessariamente desaparece completamente. Além disso, pode demorar alguns meses após o início do uso para que o anticoncepcional surta efeito sobre as cólicas.

15 - Pode tomar pílula do dia seguinte junto com o anticoncepcional?

Pode manter a cartela normalmente. Mas, se estiver tomando o anticoncepcional direitinho, todos os dias, no mesmo horário, não há necessidade de tomar a pílula do dia seguinte.

16 - Pode tomar anticoncepcional e fumar?
A garota que tomar anticoncepcional não deve fumar, porque a pílula aumenta as chances de embolia e trombose, e o cigarro aumenta ainda mais essas alterações.

17 - Anticoncepcional ajuda a amenizar espinhas?

Existem alguns que têm efeito anti-androgênico, ou seja, diminui o efeito de hormônio masculino, então pode ajudar a amenizar espinhas.

18 - Tudo bem tomar anticoncepcional que inibe a menstruação na adolescência?

Tudo bem, se não quiser menstruar, a mulher deve conversar com o médico e ver se pode tomar continuamente a pílula.

19 - O quão confiável é o anticoncepcional?
De cada cem mulheres que tomam continuamente, de duas a três engravidam, o que é um risco bem baixo.

20 - Interromper o uso do anticoncepcional pode causar aumento de peso?
Não. Nem o início, nem o uso ou a interrupção influenciam o peso.

21 - Quem toma anticoncepcional por muito tempo pode ter dificuldade para engravidar?

Não, isso é um grande mito. Pelo contrário, a pílula protege a fertilidade da mulher, diminui o aparecimento de cistos e as chances de ter endometriose, maior causa de infertilidade, além de diminuir a incidência de infecções e aparecimento de pólipos e miomas.
 

Texto:
enviar por e-mail
* campos são obrigatórios
corrigir
* campos obrigatórios

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG

Ver de novo