Minha primeira depilação

Depiladoras e dermatologistas dão dicas e ajudam a escolher o melhor método para se livrar daqueles pelos incômodos

Nathalia Ilovatte, iG São Paulo |

Thinkstock
Ter pelos é normal e, se eles estão incomodando, não há problemas em removê-los, basta escolher o método mais adequado

A vida estava muito boa até o dia em que você tirou um auto-retrato e notou uma sombra esquisita sobre os seus lábios. Clicou no zoom e... MEUS DEUS! A primeira palavra que veio à sua cabeça foi “bi-go-de!”. Se isso aconteceu com você, mantenha a calma porque, antes de mais nada, isso que você acaba de descobrir no rosto se chama buço e não é nenhum defeito.

Depois que as meninas entram na puberdade, é supernormal ter pelinhos em lugares antes incomuns. Axilas, buço e virilha são os principais deles. E aqueles que já existiam, como os das pernas, se tornam mais visíveis. E aí, quando essa novidade começa a incomodar, é hora de conhecer a salinha de depilação do salão de beleza ou o dermatologista.

Mas antes de optar por um ou outro, entenda melhor quais são os métodos e os efeitos de cada um. As depiladoras Virgínia Fabre, do A&J Studium, e Maria Helena Amorim, da La Belle Clínica de Estética, e os médicos dermatologistas Daniela Landim e Fernando Passos de Freitas explicam o assunto.

Getty Images
Um jeito rápido de eliminar os pelos é com uma lâmina, mas o resultado dura pouco
Cera quente : por aquecer a pele, dilata os poros e facilita a remoção dos pelos. O método literalmente os arranca, mas foi eleito pelas depiladoras como o menos doloroso. A manutenção é feita, geralmente, a cada 20 dias;

Siga o iGirl no Twitter

Cera fria : é um método mais higiênico, de acordo com Daniela Landim, mas o mais doloroso;

Lâmina de barbear : a famosa gilete é uma opção rápida e prática, muito usada em emergências, como aquele convite irrecusável para ir à praia recebido na sexta-feira à tarde. No entanto, raspar a pele extrai só o corpo do pelo, deixando a raiz. Por isso, a região fica com pontinhos escuros e o resultado dura pouco;

LEIA TAMBÉM
7 dicas para a primeira vez ser perfeita
Os 10 mandamentos do primeiro encontro
O drama da primeira tatuagem

Cremes depilatórios : cauterizam o pelo eliminando o corpo dele, ou seja, aquela parte que fica aparente. Assim como no caso da gilete, o resultado não é tão satisfatório;

Depilação a laser : de acordo com Daniela Landim, é o melhor método para quem tem foliculite, uma infecção na raiz dos pelos que é facilmente reconhecida, pois ocasiona bolinhas vermelhas parecidas com espinhas. Não é uma depilação definitiva, mas só precisa de manutenção a cada seis meses. No entanto, se feita por um mau profissional, pode causar queimaduras.

Dicas importantes para anotar na agenda!

Cada um sabe qual é o melhor método para si. "Todos têm vantagens e desvantagens, nós orientamos o paciente a identificar o que causa menos problemas", diz Fernando. E para quem vai se depilar pela primeira vez, os especialistas dão algumas dicas para que tudo corra bem:

- Se vai se livrar dos pelos no salão de beleza ou centro de estética, escolha um lugar seguro . “Observe se o material usado é descartável, se o lençol é de papel, se a calcinha usada na depilação da virilha é descartável também e, principalmente, se a cera não é reutilizada”, orienta Maria Helena, “nós temos a obrigação até de mostrar a lata de lixo para as clientes, para mostrar que as ceras são descartadas”;

Thinkstock
É importante que o lugar seja de confiança. Certifique-se de que tudo é descartável e muito bem higienizado

- Qualquer que seja o método escolhido, faça-o pelo menos três dias antes de ir à praia . Se pegar sol após a depilação, a pele pode ficar manchada;

- Avise à depiladora que é a sua primeira vez . Ela deve testar a aplicação da cera na sua pele antes, para garantir que você não é alérgica;

- Se você tiver pelos encravados, não cutuque nem tente lixar a região . "Nós recomendamos ao paciente um creme esfoliante para usar durante a noite e um hidratante para o dia", diz Fernando. Segundo ele, é fundamental hidratar o local da foliculite, porque quanto mais ressecada a região, maior a incidência;

Thinkstock/Getty Images
O laser é um método caro e demanda uma série de sessões, porém um dos mais eficazes
- Qualquer que seja a sua vontade, não precisa ficar com vergonha na hora de pedir o que você quer ! No salão, o mais comum é fazer depilação cavada na virilha, para que nada apareça na praia, ou depilação completa (sim, tirar todos os pelos de lá). Nas pernas, há quem faça depilação completa ou apenas até os joelhos e, dali para cima, opte pela descoloração (nos salões, esse procedimento é chamado de banho de lua). Também é comum que as clientes peçam axila, buço ou rosto completo.

Curta o iGirl no Facebook

- O jeito mais barato de se depilar é usando a lâmina de barbear . Por cerca de R$ 4 você adquire uma no supermercado. Porém, dois dias depois, os pelos já estão lá novamente;

- Já o método mais caro é a depilação a laser . Cada sessão na axila custa cerca de R$ 150, e é necessário fazer seis, uma por mês. Mas há quem só precise fazer manutenção uma vez ao ano;

- Após se depilar, evite usar desodorantes e outros cosméticos , pois podem causar reações alérgicas.

Leia tudo sobre: depilaçãocera quentelasercera friameu corpo

Notícias Relacionadas


    Mais destaques

    Destaques da home iG